Skip to content

império romano

o império Romano está em relação com a história do povo hebreu a partir do ano 161 (a.C.), mais ou menos. Judas Macabeu (representante do mais antigo ramo da família de Arão), que numa patriótica revolta contra os sírios tinha alcançado a independência dos judeus, tornando-se seu governador, concluiu uma aliança defensiva com o senado romano. Todavia, no ano 63 (a.C.), Pompeu mandou um exército para a Judéia e tomou Jerusalém. Desde então estiveram os judeus, na realidade, debaixo do domínio de Roma, embora Hircano (que era da família de Judas Macabeu) conservasse uma soberania nominal. o ministro de Hircano, como Antipáter, cujo filho se tornou conhecido na história pelo nome de Herodes, o Grande, tomou o título de rei por favor de Antônio, no ano 40 (a.C.), sendo confirmada a sua posição por César Augusto. Apesar disso foram os judeus todo este tempo tributários de Roma, sendo os seus príncipes procuradores de Roma. os soldados romanos estavam aquartelados em Jerusalém no tempo de Herodes. Desterrado Arquelau, no ano 6 (d.C.), tornou-se a Judéia uma dependência da Síria, sendo governada por um procurador romano, que residia na Cesaréia. Quanto à Galiléia e territórios adjacentes, foram governados pelos filhos de Herodes e outros príncipes de ordem inferior. Tais eram as relações em que estava o povo judeu com o governo de Roma, quando principiou a história do N.T. Algumas das cidades das províncias conquistadas ou anexadas eram ‘livres’, isto é, governadas pelos seus próprios magistrados, e isentadas de ocupação uma guarnição romana. Eram desta sorte Tarso, Antioquia da por Síria, Atenas, Éfeso, Tessalônica. outras cidades tinham o nome de ‘colônias’: eram certas comunidades de cidadãos romanos, que tinham sido mudadas, como guarnições da cidade imperial, para uma terra estrangeira. Tais eram Filipos, Corinto, Trôade, e Antioquia de Pisídia. Sobre as províncias pesavam grandes impostos em beneficio de Roma e dos seus cidadãos. os tributos eram ‘dados de renda’, pagando os ‘rendeiros’ uma determinada quantia a Roma, arrancando depois aos provincianos o mais que eles podiam. os cobradores, gente de inferior classe, foram os publicanos do N.T. o império Romano teve a sua parte na preparação do mundo para Cristo, e no auxílio prestado à propagação do Cristianismo. (*veja Jesus Cristo.)