Skip to content

en-gedi

Fonte do cabrito. É esta povoação a moderna Ain Jidi, cidade no deserto de Judá, ao ocidente do mar Morto, e a meio caminho entre as extremidades norte e sul (Js 15.62 – Ez 47.10). o seu antigo nome era Hazazom-Tamar, ‘fendas das palmeiras’ (Gn 14.7 – 2 Cr 20.2). É banhada por uma quente e constante corrente, e foi outrora célebre pelas suas palmeiras e vinhas (Ct 1.14). Há, no deserto, atrás do desfiladeiro, inumeráveis cavernas, nas quais se refugiaram Davi e os seus companheiros (1 Sm 23.29 – e 24.1 a 3). Estava En-Gedi sobre a estrada que os moabitas e amonitas seguiram, quando foram atacar Josafá (2 Cr 20.1,2). A fonte ainda existe, surgindo uma fina nascente de água numa espécie de terraço – e, formando essa água uma corrente, vem pelo monte, desde a altura de 120 metros acima do nível do mar Morto, onde deságua. Havia, começando ali, uma escarpada subida, ‘ a ladeira de Ziz’ (2 Cr 20.16), que parece não ter sido senão o atual desfiladeiro que é ainda atravessado.