Escreva o que Procura

 

demônio (possesso do)

Posted on

A possessão demoníaca figura largamente nos Evangelhos e nos Atos. Três palavras representam o espírito do mal e a condição de estar a alma na sua sujeição: demônio, endemoninhado, endemoninhar. implicam a existência de seres que podem ter certo poder sobre seres humanos, ou que habitam mesmo nos animais (como aconteceu com os porcos gadarenos, Mt 8.32). A sua influência se manifestou por vezes na enfermidade física(como a mudez, Mt 9.32,33) – mas que as pessoas assim possessas não eram, em certas ocasiões, pessoas doentes, mostra-se por uma nítida diferenciação, como em Mt 10.8. Pela parábola do espírito imundo se vê que a influência demoníaca se manifestou, também, na degradação moral (Mt 12.43 a 45ì. os demônios se opõem ao reino da paz, e a sua sujeição constituía prova de que era vindo o reino de Deus (Lc 11.20). Reconheceram eles, também, em Jesus Cristo o Filho de Deus, como se vê em Mt 8.29, e sentiram a autoridade do Seu nome, quando era usada por outros (At 19.15). o querer apresentar a possessão demoníaca como uma simples doença física ou mental não pode sustentar-se em face dos pormenores que se colhem nos Evangelhos. Nem existe qualquer força probatória no argumento de que tal possessão já não existe. Tal afirmação não tem base firme.Fenômenos como os descritos nos Evangelhos têm sido observados no campo missionário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *